Início Colunas Extracampo Arena 10 anos: orgulho define

Arena 10 anos: orgulho define

Opinião de Mário Pinho sobre os 10 anos do Arena

471

Fevereiro de 2010. Ainda lembro quando entrei no Arena Rubro-Negra, a convite do então amigo virtual Carlos Lima. Minha função era simples: escrever um texto com as informações de pré-jogos do Vitória. Algo que, não por acaso, faço até os dias de hoje.

Percorri nove dos dez anos que o Arena completou nesta segunda-feira (01). E sinto que tem muita estrada pela frente. Mas nem sempre foi assim. Houve uma época onde o site se sustentava no trabalho incansável de apenas três integrantes. Hoje somos dez, mas já fomos vinte e um. Neste ciclo formamos profissionais que hoje atuam no mercado, inclusive como nossos concorrentes. É daí que vem o orgulho.

Após a saída de Ítalo, fundador e principal responsável por levar o Arena aonde ele está, coube a mim, o membro com mais tempo de casa, assumir as responsabilidades legais do site. E responder, oficialmente, pelo prazer coletivo que este site gera para quem produz e para quem consome.

Sei que nem tudo são flores, que temos capítulos de desacertos. Episódios importantíssimos para nosso crescimento e amadurecimento. Acredito que ainda vamos enfrentar equívocos e oposições — e entendo que faz parte do processo.

Uma coisa engraçada, por exemplo, é falar do avanço do Arena em deixar de ser um mero blog para se tornar um site referência de notícias sobre o Vitória. Pouca gente sabe mas nosso principal incentivo veio de dois jornalistas, ambos, curiosamente, torcedores do time de Lauro de Freitas – sendo que um deles, um tempo depois, tornou-se presidente por lá (minha foto com eles já rodou no seu Whatsapp, tenho certeza). Nem por isso deixo de ser muito grato aos dois.

Nosso avanço abriu caminhos. Hoje temos as portas do Barradão abertas para nós. Os dirigentes que chegam no clube se importam em responder nossos questionamentos. Somos a referência de milhões de rubro-negros. Somos respeitados como veículo de imprensa e reconhecidos pelo trabalho exclusivamente voltado ao Esporte Clube Vitória. Isso me dá orgulho.

Por consequência, são diversos os amigos que fiz através do trabalho no site. Minha noção de segunda casa tornou-se 100% realidade. No Barradão encontro pessoas que trato com a intimidade de um familiar. E quero seguir nesse ritmo.

Minha missão no Arena hoje é manter e aperfeiçoar o padrão que alcançamos em dez anos de estrada. Como? Agradecendo pelo seu acesso, sua confiança e credibilidade. Mas não faço isso sozinho.
Me acompanham Marcelo Góis, Mateus Barbuda, Diogo Lima, Heider Mota e Ramon Davi; Matheus Caldas, Victor Simões, Matheus Andrade e Tiago Caldas. Juntos somos o Arena Rubro-Negra, há 10 anos de puro orgulho.


Deixe sua opinião