Início Colunas Memórias do Leão As canções que você fez pra mim pt. II: Os Hinos do...

As canções que você fez pra mim pt. II: Os Hinos do Vitória

341

Os hinos dos clubes de futebol são as máximas canções que representam a alma dos times. Ecoados pelas torcidas dentro e fora dos estádios, estas canções, clássicas, são responsáveis por carregar o simbolismo esportivo das equipes pelo mundo todo. Afinal, não existe futebol sem música e nem música sem futebol.

O Vitória, que em sua centenária história, tem dois hinos bastante populares no meio da torcida, teve além destes, outras duas canções que o representaram pelos campos do Brasil. Portanto, lembraremos aqui os hinos rubro-negros ao longo dos anos.

1 – Hino sem data – Antônio Costa Carvalhal

Escrito e executado pelo pianista Antônio Costa Carvalhal, estima-se que um dos primeiros hinos do clube tenha sido feito entre a década de 50 e a década de 60. Antônio Costa compôs outras músicas duas músicas e as lançou em um compacto com a capa que trazia o escudo do Vitória com os dizeres hino rubro-negro. O outro compositor da letra, chama-se Antonino Rocha. Além da dupla, a canção que não se acha na internet, é entoada pela voz de João Roberto.

Letra:

Vitória! Avante! Pra frente sempre
Vitória! És a nossa glória

O Vitória, o decano nas vitórias
Em terra e mar, ao céu e sol
Sai da toca vai buscando novas glórias
Sempre a frente nas luzes do arrebol
Leão que nunca foge dos combates
Das batalhas ardentes ao crisci

Destemido
Herói
Que não se abate
Ao jogar futebol…
Decidido,
Disposto e sempre avante!
Vitória és o clube mais querido.
E vai na garra sempre pujante
Lutando com denôdo e ousadia…
Assim vencendo
Ele desfralda sua bandeira,
Empolgando a cidade inteira
Rubro-negro é a Bahia.

Vitória! Avante! Pra frente sempre
Vitória! És a nossa glória

2 – Hino da década de 50 – Autor desconhecido

Outro importante hino do Vitória, foi feito também na da década de 50, período de profissionalização do clube no futebol e de grandes conquistas. De autoria desoconhecida, a singela letra está presente na revista Um menino de 84 anos, publicada em 1983. Confira abaixo.

Letra:

O seu nome pertence a história
Pois és campeão
De terra e mar
Ó querido Esporte Clube Vitória
Trabalho, luta e devoção
Levantemos bem alto com glória
O seu rubro-negro pavilhão
Mostrando a disciplina do Vitória
E honrando sempre a sua tradição.

Avante! Leões da Barra
Vamos mostrar nossa fibra, nossa garra,
Avante! com galhardia
Mostremos nossa fidalguia
Avante! sempre avante,
Rubro-Negro pendão varonil
Com os braços sempre fortes
Nós lutamos pelo esporte
E pelo nosso Brasil

3 – Hino da década de 60 – Albino Castro e Vivaldo de Souza (Panela)

No final da década de 60, estava a frente do clube o presidente Albino Castro. Espanhol e de bom relacionamento com a torcida rubro-negra, ele viria a compor junto com o sambista Vivaldo de Souza, conhecido como Panela, o hino mais clássico conhecido pela torcida do Leão. Abaixo a letra da canção.

Letra:

Vitória, Vitória, Mostra o teu valor
No campo da luta Tú és o melhor
O teu pavilhão Tem feitos de glória
Vitória, Vitória Tú tens grande história
Somos torcedores de grande valor
Somos rubro-negros não temos temor
Estamos contigo em qualquer lugar
Pois temos conquistas na terra e no mar

Vitória, Vitória, mostra o teu valor
No campo da luta, tú és o melhor
O teu pavilhão, tem feitos de glória
Vitória, Vitória, tú tens grande história
Procura mostrar todo o seu poder
Somos invencíveis não vamos temer
O teu pavilhão nós vamos erguer
Seremos Vitória até morrer.

4 – Hino atual – Walter Queiroz Jr.

O hino mais conhecido do Vitória, é o que está colocado como oficial atualmente. Composto por volta de 1986, por Walter Queiroz Jr., como meio de arrecadar fundos para a construção do Barradão, a música ganhou diversas versões ao longo dos anos, sendo cantada em estúdio por nomes como Chico Anísio e Ivete Sangalo. Abaixo, a letra do hino oficial do Esporte Clube Vitória.

Eu sou Leão da Barra , tradição
Eu sou vermelho e preto
Eu sou paixão
Pelos campos do Brasil
Nosso grito já se ouviu …
Ô ô ô ô ô ô ô ô
Ô ô ô ô ô ô ô ô
Vitória!
Eu sou um nome na história
Eu sou Vitória com emoção
Eu sou um grito de glória
Eu sou Vitória de coração.


Deixe sua opinião