Início Jogos Análises Análise de Operário 0 x 1 Vitória: Mudando de assunto

Análise de Operário 0 x 1 Vitória: Mudando de assunto

Vitória celebra primeiros três pontos fora de casa e clima fora de campo melhora.

649
Operário x Vitória
Foto: Divulgação / Operário

Para qualquer torcedor do Vitória que se preze, estava insuportável. Sempre quando apareciam as conversas de futebol, seja no barzinho, no elevador, entre amigos, em qualquer ambiente, o tema Vitória em 2021 sempre foi motivo de frustração.

Ou se falava muito mal do time dentro de campo, ou se falava ainda mais do presidente incompetente que tínhamos no comando do clube. E tínhamos que ouvir calados. Tínhamos que concordar. Mas agora parece que o Leão tirou um caminhão das costas e venceu.

Venceu a primeira fora de casa. Está invicto desde a chegada do novo treinador e, principalmente, afastou quem nunca deveria ter retornado. Agora é mudar de assunto. Agora, se tudo der certo, é falar do time nas quatro linhas, é falar do afastamento da série C, é falar do reerguimento do maior clube do Nordeste.

O jogo

Foi nessa atmosfera de dar a volta por cima que o Leão venceu a sua primeira fora de casa na Série B. E os ensinamentos do técnico Wagner Lopes estão dando resultados. Hoje, o Vitória, apesar de sem qualidade em muitos momentos, tem consciência tática. Tem vibração. Dá esperança ao torcedor.

O Vitória veio a campo com Mateus Moraes improvisado na lateral-esquerda, como havíamos comentado. Apesar de inoperante ofensivamente enquanto lateral, teve muito trabalho para conter os ataques do Operário-PR. Assim como toda a defesa do Leão. Foi um segundo tempo de ataque contra defesa onde a linha defensiva se entregou e evitou o empate do Fantasma.

E foi como Wallace citou em entrevista pós-jogo, o Leão jogou pelo resultado feito no primeiro tempo. E, na primeira metade, o gol saiu após assistência de David e cabeçada de Mateus. David que continua entre o céu e o inferno com a torcida. Errou quase tudo em campo, mas acertou o cruzamento para o único gol do Leão.

O ataque continua improdutivo. O Vitória teve três finalizações o jogo todo. Apesar de atuação melhor que a de Soares Bolota nas últimas partidas, Bruninho também não conseguiu fazer muita coisa. Marcinho foi, mais uma vez, o melhor do ataque. Samuel teve uma chance clara no jogo e desperdiçou. Poderia ter matado a partida.

Virar a página

Mas hoje é dia de celebrar, torcedor. O caminho ainda é árduo, mas já dá para acreditar. Sexta-feira tem nova batalha contra o Remo, em casa, e o Leão vai ter mais uma semana para trabalhar e vencer mais uma. É esperar e torcer!


Deixe sua opinião