Início Notícias Meia rápido? Vitória é condenado a pagar R$ 370 mil a Marcelinho

Meia rápido? Vitória é condenado a pagar R$ 370 mil a Marcelinho

352
Marcelinho
Foto: Reprodução / Premiere FC

Mais um jogador ganhou ação na Justiça e o Vitória foi condenado a pagar uma bagatela de R$ 370 mil. A figura da vez é o meia Marcelinho, brasileiro naturalizado búlgaro, que atuou no Leão da Barra na temporada 2020. A informação foi publicada pelo site Bahia Notícias.

O jogador, à época contestado, foi bastante elogiado pelo presidente Paulo Carneiro em um dos seus famosos áudios no WhatsApp.

“Marcelinho meia lento? Meu Deus do céu. Ainda bem que minha irmã é oftalmologista. Se existe um meia rápido é Marcelinho. Aos 35 anos, de jogo rápido, de pensamento rápido, de toques rápidos. O que é ser rápido? É velocista é? Meia velocista eu não conheço. Zico era lento, Maradona era lento. O meia tem que ser rápido no raciocínio, não é no jogo não. E ele é rápido sim, mas se quiserem aí, minha irmã pode atendê-los”, disse Carneiro.

Pois bem. O tal “jogador rápido” adorado por PC colocou o clube na Justiça para receber salários atrasados, direito de imagem, 13º salário, não recolhimento de FGTS e ainda pediu indenização por danos morais.

Marcelinho fez 27 partidas com a camisa do Vitória e marcou um gol. Atualmente o jogador defende as cores do Manaus FC, que disputa a Série C do Brasileirão.

Ative as notificações do Arena e tenha as informações do Vitória em primeira mão!


Deixe sua opinião