Paulo Carneiro fala das eleições, nomes da nova gestão e sobre o...

Paulo Carneiro fala das eleições, nomes da nova gestão e sobre o futuro

Carneiro fala sobre os motivos que podem ter influenciado nas eleições, sobre os nomes que figuram na nova gestão e não projeta candidatura em 2019

, às 20h01 (atualizado em 21/12/16, às 00:38)
3323
3
Comunicar erro
COMPARTILHE
Foto: Matheus Lemos / Arena Rubro-Negra

O ex-presidente Paulo Carneiro, que foi candidato pela Chapa Vitória Gigante concorrendo a presidência do Vitória, que teve como vencedora a Chapa Vitória do Torcedor, falou com exclusividade ao Arena Rubro-Negra sobre as eleições, o que pesou em não ganhar e alertou sobre as dificuldades que podem surgir na nova gestão.

Sobre as eleições, o processo eleitoral como todo, Paulo Carneiro se mostrou satisfeito como ocorreu o pleito, se mostrou otimista sobre o fortalecimento da torcida:

“Fiquei satisfeito. Eu e o pessoal que me acompanhou, principalmente do Vitória Séc. XXI, estamos fortalecidos, inclusive com outros grupos, discutindo e com certeza faremos uma forte oposição.”

Carneiro também falou sobre um dos motivos de não ter vencido nas eleições:

“Por fecharmos a chapa tarde, faltando dias, nós fomos muito atacados pelos adversários e pela imprensa. O episódio em que trabalhei no Bahia, a questão da camisa, pesou muito. Tenho consciência disso. Foi um prato cheio para os radicais, já que mais ou menos 30% da nossa torcida é radical. Nossa chapa praticamente não teve conselheiros, só oito, mas eu acho que fomos o primeiro ou segundo na preferência do sócio-torcedor que votou.”

“Essa eleição não reflete a preferência popular. O colégio eleitoral é muito pequeno. Um colégio para ter uma eleição mais técnica, mais representatividade, tem que ter 10, 20 ou 30 mil sócios. É o que o Vitória tem que ter.”

A nova gestão tomou posse nessa segunda-feira (19) e, alguns nomes que farão parte do corpo técnico, no departamento de futebol, já recebe críticas de boa parte da torcida principalmente nas redes sociais. Paulo Carneiro endossa o coro e aponta onde os erros podem estar:

“O Vitória, depois de vinte anos, volta a ter três diretores e isso é um erro. O Ivã não sabe de futebol e chamou Sinval Vieira. Este por sua vez está fora do mercado a algum tempo e chamou um agente de jogadores e um ex-presidente para compor. Claro, era o suporte que ele precisava. Ainda tem uma figura chamada Gerson Boca, não sei se é assistente de Sinval e nem sei o que ele está fazendo lá.”

O agente de jogadores em questão é Joel Zanata, que é ex-jogador do Vitória, quando atuava como meia na década de 70. Carneiro explicou:

“Conheço Zanata, trabalhei com ele. Não tenho nada contra a pessoa e sei que ele vai se esforçar para ser ético, mas não tem como um agente de jogadores, que tem uma empresa para isso na ativa, trabalhar e atuar no departamento de futebol do Vitória. E isso é algo que irei trabalhar para colocar no novo estatuto, de que agente de futebol, inscrito na CBF, não pode trabalhar no Vitória. A oposição terá que ver isso.”

Já o ex-presidente é Jorge Sampaio, ou Jorginho como é comumente conhecido. Carneiro relatou o fato sobre acusações que o ex-presidente sofre, sobre as contas no seu mandato entre 2006 e 2009:

“A forte rejeição também se deve o ex-presidente estar no futebol do Vitória, mesmo sob fortes acusações e que ainda não foram devidamente explicadas. Ivã tem que tomar mais cuidado com essas pessoas, mas como ele não entende de futebol e deixou tudo pra Sinval que, trabalhou com eles na época, vai ficar aí.”

Por fim, Paulo Carneiro não planeja ainda o futuro. Perguntado sobre uma possível candidatura em 2019, o ex-presidente foi cauteloso:

“Tá muito cedo ainda. Não sei se nem estarei vivo lá ainda, apesar de querer viver até os 100 anos pelo menos. Mas irei continuar liderando esse processo, junto com o Vitória Séc. XXI e, se não for eu, tenho certeza que será um rubro-negro que estará capacitado e preparado para assumir o Vitória.”

COMPARTILHE
Historiador por opção, Vitória de coração e Corneteiro com razão. Seja agarrado no alambrado ou pela tela, estará berrando, informando e sempre cornetando: FOOOM!
  • jorge fernando

    Paulo Carneiro?Não tem caráter pra falar de ninguém.Manda ir para o Bahia.

  • Jose Jorge Modesto

    Não queremos esse Idi Amin rubro-negro de volta! Ditador, negociações de jogadores que ninguém tinha conhecimento, às escuras; sem caráter porquanto chegou ao ridículo de vestir a camisa do jahia!
    Vista o pijama e vá descansar que você está ultrapassado!

  • Jorge Rocha

    Paulo Carneiro me representava, até se transferir para o inimigo. Faltou bom censo, sobrou mesquinhez, jamais o perdoarei por esse gesto. Como já dizia o velho e bom ACM ” Pela posição de seu gesto, nota-se o tipo de seu carater”